Conexão & Silêncio | Temazcal Medicial | Comunicação Não Violenta

Que tal um pouco de SILÊNCIO e escuta profunda do seu SER?

Vem pro nosso TEMAZCAL e aprenda sobre a COMUNICAÇÃO NÃO VIOLENTA.

Tire um tempo pra você, faça um Retiro.

– Temos somente 15 vagas –


O Temazcal, na tradição Nahuatl do atual México significa “casa de pedras quentes”. O equivalente entre os nativos Lakota do que hoje é conhecido como sul dos Estados Unidos, é INIPI ou “tenda de suor”. Basicamente é um ritual de purificação completo por tocar no corpo físico, emocional, mental e espiritual, abrindo as portas da percepção interior.

É uma das mais antigas cerimônias que se tem registro na história nativa (nos códices mexicas) e curiosamente também está presente entre outras culturas do mundo. Atualmente entende-se que teria surgido entre os Vikings como uma alternativa para manter a vitalidade do corpo em situações tão extremas de temperatura. Aos chegaram na Abya Yala (que hoje chamamos América), teriam passado essa tradição aos lakota que por sua vez compartilharam com os Mexicas (astecas). Chegando nas Américas essa cerimônia assumiu um sentido especial e próprio a tal ponto de ser um elemento importantíssimo para a identidade desses povos nativos.

Os antepassados estabeleceram o banho térmico para facilitar a cura, purificação e relaxamento.
Consiste numa cerimônia onde cada um de nós entra em contato com a Mãe Terra (Pachamama ou Tonatzin em idiomas ameríndios) entrando no “ventre da Mãe original”.


Boa parte dos conflitos que temos com outras pessoas podem ser causados mais pela forma como expomos nossas ideias do que propriamente pelas diferenças de opinião. Baseado nesta crença, o psicólogo Marshall Rosenberg desenvolveu o conceito de Comunicação Não-Violenta (CNV), que seria capaz de estimular a compaixão e a empatia (também por isso chamada de Comunicação Empática).

Desse modo, cada pessoa que esteja disposta a atentar para a sua forma de comunicação pode promover mudanças ao seu redor, em seu círculo familiar, profissional ou social, através de atos de acolhimento das necessidades do outro, da percepção do que ele está comunicando com a agressividade, o cinismo, a indiferença. Ninguém gosta de estar em constante atrito com os outros. É comum que por traz destes comportamentos haja uma dor muito grande, que a pessoa tenta mascarar.

Um dos mandamentos mais importantes da CNV é exercitar a capacidade de se expressar sem julgamentos e sem classificações de “certo” e “errado”, que buscam “vencer” um debate com o interlocutor e provar um ponto de vista. Muitas vezes, não ouvimos a opinião do outro para compreendê-la, mas apenas para podermos contra-argumentar, em um duelo sem fim.
Uma ideia da comunicação não-violenta é, ao invés de acusar o outro por atos com os quais não concordamos, dizer como nos sentimos diante deles. Ao ser chamado de violento, egoísta ou agressivo, o outro tende a se defender, justificar-se ou culpar fatos/agentes externos. Mas, se dissermos que ficamos tristes, angustiados ou nos sentimos desrespeitados diante da certa atitude, mostramos para o outro a nossa humanidade e as consequências de suas ações, possibilitando uma aproximação. Ao explicarmos o que sentimos, possibilitamos ao outro rever suas atitudes para não nos magoar, além de oportunizamos que ele fale sobre as emoções que o levaram a praticar certas condutas.

  • INDICADO PRA QUEM?
    Todo mundo!

 

  • VALOR de TROCA: R$ 150 incluído as atividades e 2 refeições (lanche e almoço). Pelo pernoite (opcional) será cobrado mais R$ 50, incluído somente o café da manhã)

 

  • O QUE TRAZER:
    – Somente roupas de algodão (proibido sintético), evite a cor negra
    – Mulheres com saia longa e camiseta ou regata, homens de shorts
    – Canga ou tecido para colocar no chão do temazcal (opcional)
    – Toalha, chinelo

 

  • INSCRIÇÕES ANTECIPADAS com Mariana Terra (Whats 11 94494 5337 ou gourangidd@gmail.com). Para confirmar a vaga é necessário transferir uma parte do valor total na conta da fazenda.

 

  • ONDE? Em ECO YOGA Bhakti Dham em Mairiporã (40km de SP) na Estrada do Rio Acima km 15,5

 

  • TRANSPORTE: Vamos facilitar caronas entre os participantes

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *